26 de agosto de 2013

Casos & Acasos- Capítulo 1

1 anos atrás(2012)...


Pov. (S/N)SeuNome

-ME LARGA,ME LARGA,ME LARGA...-Eu falava aos gritos por estar sendo retirada da sala da minha casa no colo de um homem musculoso,alto e estranho depois de ter presenciado a morte dos meus pais e, ter tentado fugir da minha própria casa para pedir “socorro”.
-Cale a boca pirralha!
-NÃO! ME PONHA NO CHÃO!-Falei como se tivesse alguma autoridade ali na parada. Como se eu que estivesse com a arma.
-Agora fique aí e pense no que você acabou de fazer!-Ele falou me jogando no chão do porão e trancando a porta.
E agora oque eu vou fazer?Não parava de me perguntar até que escapa uma lágrima, e mais uma, e mais uma e mais uma... Não parava de chorar pois até dois segundos atrás a ficha não tinha caído mas agora eu vejo que os meus pais realmente haviam sido assassinados, haviam morrido.
[...]

Flashbak-on: Morte dos meus pais
Foi no dia 1º de agosto de 2012, às 19:00h quando...
Estava no meu quarto mexendo no PC.
Até que eu ouço a porta de entrada, ser batida umas quatro vezes seguidas
"Toc, toc, toc, toc"
Eu rapidamente dei um grito dizendo que tinha alguém batendo na porta e continuo Twittando com minha amiga Alicia.

Bate-Papo on
Conversavamos de diversos assuntos.
[...]
-(S/N) sabe quem tá afim de você?- Ali perguntou.
-Não! Quem?-perguntei super curiosa.
-O Guga... Você não vê a forma que ele te olha.
-Ah, para! ele só meu amigo!- digo e em seguida ouço um barulho, parecia ser um estrondo.
Me levantei da cama e deixei o not na mesma. 
-Amiga,Amiga,Best? Você tá ai?-ela me pergunta umas ãn... milhões de vezes.(19h00/hora do assassinato)
(bate-papo-off)
Então de repente ouço esses gritos e pergunto a minha mãe:
-Oque tá acontecendo aí em baixo?-Pergunto a ela e recebo uma resposta muito imediata(coisa que não é o normal,pois minha mãe demora um ano só pensando na resposta que ela vai dar pra alguém)esquisita para mais uns dos chiliques da minha mãe, pois eu pensava que era um chilique dela...
-Fica aí em cima e não é pra você descer!Fique aí!-Primeira vez que ouço a voz da minha mãe tremula depois da morte dos meus avós(acidente de carro).
Deu um peso no meu coração por ter ouvido a voz da minha mãe daquele jeito.Parecia ser coisa séria.Então paro de ouvir os gritos e ouço apenas tiros,dois disparos que me deixaram surda por um momento.Meu pai já estava caído no chão com as mãos na barriga e minha mãe ao seu lado até que minha mãe caí durinha ao levar um tiro no coração e meu pai também que antes estava mal, agora está pior, pois ele estava mortinho da silva assim como minha mãe.
Mesmo minha mãe tendo pedido pra eu ficar lá em cima,eu desci alguns degraus da escada, tentando me esconder na mesma, e vejo essa covardia que acabara de acontecer com minha família.
Então, um dos homens que tinha acabado de assassinar meus pais a sangue frio, notou que eu estava correndo em direção a porta dos fundos e me segurou.
Flashbak-off
 [...]
Segundos depois de ter pensado bastante decido pegar meu celular e ligar para a policia,C.P de bombeiros oque fosse só queria ajuda.
E não!Não decidi gritar pois um dos motivos que eles mataram minha mãe foi porque ela estava gritando, se é que eles tinham um motivo pra matar os meus pais...
A ideia não deu muito certo pois estava dando ocupado,liguei 3 vezes e nas 3 deu ocupado.Então decidi ligar pra minha Best Alicia só que o único problema era que na primeira vez ela não acreditou e isso fez com que o socorro vindo dela demorasse até porque ela nem chegou a pedir ajuda,porém os vizinhos haviam ouvido os tiros e todos os outros barulhos e chamaram a policia.E trinta minutos depois a policia chegou.
E os “assassinos”? Eram quatro,um fugiu e os outros três que restaram foram presos.
Eu fiquei pensando.
"E se eu tivesse ido atender a porta nada disso teria acontecido!!!"
[...]
Depois da morte dos meus pais eu fui morar na casa dos meus tios em Santos(SP).Por falar neles, eles chegaram um dia depois que meus pais morreram.(minha tia é irmã adotiva da minha mãe). Assim como eu sou agora “filha adotiva”dos meus tios. (É estranho /pra mim\  chamar ela de” mãe”).
Como eu tinha poucos amigos na verdade eu só tinha Alicia e Gustavo de amigos,só tinha Alicia de BFF e Gustavo de "irmão". (Mas sempre fui mais unida a Alicia do que com Guga )
Até hoje nos comunicamos pelas redes sociais,celular, etc...
[...] 
Eu já não era mais aquela “pirralha” como o covarde do assassino me disse naquela noite,agora “EU SOU MAIS EU!” eu amadureci e muito!Tive que superar a perda e tudo mais.
Estou numa escola onde tenho amigos muitos legais.*__*(não que tenha esquecido dos antigos/Alicia e Guga) rsrs. Quando fico com as pessoas que Deus fez “restar”  pra viver ao meu redor,eu fico muito feliz.
Agora vou tentar viver minha vida da melhor maneira possível e, esquecer essa parte do meu passado. Vou procurar saber mais do assassinato dos meus pais... Estou pesando em um dia me vingar daqueles desgraçados, enquanto esse dia não chega... Vou aguardar, observar, esperar e... Testar meus limites como ser humano. Pois agora...
Agora eu sou mais eu!!!
Continua....

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Heý, chocolatados! Quer comentar? Leia as regras antes!

-Antes de deixar a sua opinião, veja se ela está relacionada ao post;
-Não xingue e nem ofenda aos leitores e autores de forma que possa denegrir a imagem deles e do blog;
-Criticar sim, ofender não. Criticas somente construtivas;
-Se for pegar algum conteúdo e rebloga-lo avise;
-Comentários de baixo calão serão excluídos;
-Violação das regras a pena é a denúncia imediata;

Leu? Entendeu? Agora fique a vontade para deixar a sua opinião, pois ela é muito importante pra mim. ♥

PS: VAGAS PARA AFILIADOS

Beijos de luz!