7 de fevereiro de 2014

MARATONA: Casos & Acasos-Capítulo XVII





Jorge On~

Pipoquinhas açucaradas, caso vocês não lembrem quem é o Ginho, aí está!!!


Tinha voltado um pouquinho depois de Zayn e Ana, pro hospital.
Quando chego lá vejo tia Chris chorando e Flávia dialogando com ela e com Miguel. Decido então ir até eles.
Chris: Jorge, oi!- disse ela me abraçando.
Eu: Oi tia Chris! A senhora tá bem? E o bebê?
Fláh: Ela tá com cara de quem tá bem?!
Chris: Calma gente... Mas então Jorge o bebê tá ótima, porém quem não tá é a (S/N).
Jorge: Notasse!- disse abaixando minha cabeça.
Miguel: Mas então Jorge... Flávia falava como tudo aconteceu só que ela não sabe exatamente, por que não estava junto.
Jorge: Ééér!... Vocês têm noticias da (S/N)?- eles disseram que não- Então vou lá ver!
Retirei-me do lugar direcionando-me até o quarto que a (S/N) estava.
Fláh: Onde o Jorge foi? Ele foi ao quarto da (S/N)?- ouvi a Flávia dizer, mas apenas a ignorei.
Quando cheguei lá vi uma cena decepcionante, pelo menos pra mim. Harry falando coisas melosas para (S/N) e em seguida ele a beijou.
Sai dali imediatamente levando toda raiva e ódio comigo.
Fláh: Jorge, onde você estava?
Eu: Em algum lugar ai. - disse grosso.
Fláh: Mas... Aonde você tá indo?
Eu: Em algum lugar... Nada que te interessa!- disse novamente com grosseria.
 Fláh: Não to dizendo... Esse garoto é mesmo encrenqueiro! Odeio-o.
Chris: Sei... Você o odeia de paixão, só se for.
Quando tia Chris disse aquilo, Flávia espantou-se, a cara dela foi hilária me fazendo dar uma risadinha de leve e me retirando em seguida.

Sai dali me lembrando do que tinha visto, pois ainda sinto alguma coisa pela (S/N), mas acho que só ela não vê isso.
Decido então dar um fim em tudo isso, deixando que Harry e (S/N) possam viver “felizes para sempre”.
Fui andando pelos corredores do hospital, avistei uma janela. Abri e me posicionei para pular.
“Já que ela não me quer então darei um basta nisso”- pensava eu.
Quando eu ia pular, uma voz feminina aparece do nada e diz:
Xxx: NÃO FAÇA ISSO! POR FAVOR!- disse essa menina.
Acabei me desequilibrando e caindo de bunda no chão.
Xxx: Hahahah!- ela dava umas risadinhas de leve- Prazer, meu nome é Júlia!- ela disse estendendo uma de suas mãos.
Na hora que eu fui segurar a mão dela como apoio para me levantar, que vejo.
Eu: Espera, você é cadeirante. - disse e ela sorriu fraco pra mim.
Júlia: Éééér...- ela ficou constrangida.
Eu: Desculpa te deixei constrangida... Mas então meu nome é Jorge.
Júlia: Oi Jorge! Mas oque você fazia naquela janela?
Na hora que ia responder, ela estendeu os braços para que eu a pegasse no colo, e a colocasse na cama. Então assim fiz.
Júlia: Obrigada. - ela deu uma pausa- você ainda não me respondeu Seu Jorge... Oque fazia na janela do meu quarto?
Eu: Ééér... Então, sabe o que é?!
Júlia: Não! Rsrs. Pode continuar.
Eu: Como dizia... Eu ia pular por que eu vi uma das cenas mais decepcionantes do mundo.
Júlia: E qual seria?- ela deu uma pequena pausa- Senta!
Sentei-me na cama.
Eu: A menina que sempre gostei... Bom... Quer dizer, comei a gostar a um tempo, nesse ano...- ela me interrompeu.
Júlia: Desembucha logo!
Eu: Ela estava beijando um cara, um cara que eu odeio.
Júlia: Nossa! Que porra em... Rsrs! Desculpa pela boca suja. Força de habito.
Eu: Tudo bem!
Júlia: Mas prossiga.
Eu: Mas então ele também está namorando ela.
Júlia: CARALHO!- em seguida ela colou as mãos na boca- Desculpa!
 Eu: Ok...
Júlia: Mas quem é o sortudo?
Eu: Harry Styles- disse baixo e abaixando minha cabeça.
Júlia: O que?
Eu: Harry Styles!- gritei.
Júlia: Porra! Só sou cadeirante, não surda, mas do jeito que você gritou no meu ouvido, acho que vou ficar...
Eu: Desculpa... - disse meio sem graça.
Júlia: Tudo bem! Só estava brincado.
Eu: Ok! Acho que já vou indo!
Júlia: Poxa, já?!
Eu: Por quê? Quer que fique? Se quiser eu fico?
Júlia: Também quero que você fique, mas você ainda não me explicou por que você ia pular- ela da uma pausa e se deita na cama- Ai! Ai! Ai!- ela se queixava de dor, enquanto colocava as mãos na cabeça.
Eu: Quer que eu chame a enfermeira? Eu chamo se quiser!
Júlia: Não, não! Ai!
Eu: Enfermeira, enfermeira!- sai do quarto 230 e comecei a gritar por ajuda.
Júlia: Não! Ela vai querer me dar soro e remédio... Isso é muito ruim! Por favor!- Júlia fez uma carinha de cachorro sem dono então fiz a vontade dela.
Enfermeira: Alguém chamou?
Olhei pra Júlia olhei novamente pra enfermeira e disse:
Eu: Não, não!
Enfermeira: Affz! Vai se danar!- ela disse baixo mais nós ouvimos.
 Depois que a enfermeira foi embora eu fechei a porta.
Eu: Hahah! Ele ficou puta comigo.
Júlia: Verdade! Hahah!
Eu: Você quer sair comigo pra fazer algo de bom? Se é que me entende!
Júlia: Ok! Pode ser hoje?
Eu: Eu estava pensando em sairmos amanhã que é sábado.
Júlia: Amanhã eu não posso... Tenho fisioterapia.
 Eu: Tá bom então! Que tal eu vir te buscar às 23:00 hr.
Júlia: Você tá doido! Você tá se esquecendo, que sou cadeirante e eu estou em tratamento então não posso sair do hospital. Ainda mais... – ela parou de falar olhou pra mim e continuo- Seu malandro! Tu não és bobo não em?!
Eu: Eu sei!- gabei-me
Júlia: Ainda és convencido!
Eu: Também sei disso.
Ela me olhou séria. Ficamos nos encarando por um bom tempo, até que ela me beija e eu dou passagem.
Júlia: Desculpa!- disse recuando do beijo.
Eu: Tudo bem! Eu também dei passagem pro beijo.
Júlia: Mas não tem na... - a interrompo com outro beijo, só que dessa vez mais demorado, pois ela não recuou.
Ficamos assim por tempo. Eu até que gostei, sou meio safado!!! Hahah...

(...)

Harry On~

Esses olhos verdes esmeralda, me alucinam! *--*


Quando estava falando aquelas coisas pra (S/N), senti como se ela estivesse me ouvindo. Não me aguentei e a beijei desesperadamente.
Quando terminei do beijo fiquei a observando novamente. De repente os aparelhos começam a fazer um barulho estranho, até que...


“-Piiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii“- era esse barulho que fazia.
Começo a me desesperar e decido chamar os médicos.
-(S/N! (S/N)! Médico pó favor! Médico! No 220!  Médico!- gritava incessavelmente.
Chris: Oque houve com a (S/A)? Deixa eu ir vê-la! O que você fez com ela?
Fláh: Harry! Harry! Harryyyy!
 Flávia me gritava, mas eu não respondia pois estava paralisado, devido a situação que se formou.
Louis: Oque houve cara?!
Louis perguntou segundo minha cabeça para que meu rosto fosse de encontro ao dele. Mas nem cheguei a olhar nos seus olhos.
Eu: Eu estava conversando com ela até que do nada ela teve... - fui interrompido pelo médico
Médico: Com licença!
Miguel: Pois não?!
Médico: Tenho más noticias!- ele deu uma pausa e bufou- A  paciente (S/N) teve uma parada cárdica...
Chris: Ai Meu DEUS!
Flávia: Céus!
Ana começou a chorar.
Médico: Ainda não acabou.
Zayn: Então desembucha logo doutor!
Médico: O estado dela é muito critico, pois além dela ter tido essa parada cárdica, tem chances da situação dela piorar e ela ter outra e morrer. Por que, ela tá tendo muita queda de pressão. Os soros não estão ajudando muito, e ela precisa de uma doação sanguínea imediatamente! Quanto mais rápido melhor fica o estado dela.
Harry: E qual é o tipo sanguíneo dela?- perguntei em meio a lágrimas.
O médico olhou a fixa da (S/N), mas não tinha então ele perguntou pra tia dela.
Chris: É O-Positivo. Eu não tenho tipo sanguíneo assim. Alguém tem?
Todos: Não!- todos disseram que não.
Mas de repente Jorge chega e pergunta:

Jorge: O que gente? Vim o mais rápido que pude, quando a Flávia me chamou.
Fláh: Ela precisa de um doador compatível...
Jorge: E qual seria?
Louis: O-Positivo.
Jorge: Desculpa gente, mas eu não sou! Sou O-Negativo.
Médico: Vocês sabem que é um tipo sanguíneo muito raro. Precisam encontrar logo um doador, por que se não pode ir de mal a pior.
Flávia começou a chorar junto com todos, como se não houvesse salvação. Uma esperança. Uma luz no fim do túnel.


Continua...



Olá, minhas pandinhas de chocolate branco. Estou muito ansiosa para a II temporada, eu também tenho ótimas idéias. Bom, talvez eu poste três vezes na semana, devido a escola, ao curso, as ginásticas e ao ballet. Okay!... Vocês estão gostando liamdas? Comenteeem o que estão achando no último capítulo da I temporada, aí eu vou postar para vocês a fanfic dos vampiros... Que tal? Vocês vão querer?? Espero que queiram, bom, com 3 comentários no ÚLTIMO capítulo da I temporada de CA eu inicio com a fic dos vampiros. Bom, no próximo capítulo (18), eu irei anunciar o nome. Ela é muito misteriosa e não tem essas coisas de ~MELO-DRAMÁTICO~ ela também tem bastante ação. E o restante eu anúncio no capítulo 19. Irei anunciar quais foram os doiis blogs que ganharam selinhos nossos já, já! 2bjooos de marshmellow com bancon pra vcs. Byee!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Heý, chocolatados! Quer comentar? Leia as regras antes!

-Antes de deixar a sua opinião, veja se ela está relacionada ao post;
-Não xingue e nem ofenda aos leitores e autores de forma que possa denegrir a imagem deles e do blog;
-Criticar sim, ofender não. Criticas somente construtivas;
-Se for pegar algum conteúdo e rebloga-lo avise;
-Comentários de baixo calão serão excluídos;
-Violação das regras a pena é a denúncia imediata;

Leu? Entendeu? Agora fique a vontade para deixar a sua opinião, pois ela é muito importante pra mim. ♥

PS: VAGAS PARA AFILIADOS

Beijos de luz!